quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A Imagem Desfigurada de Ti ... My Way, My Life


Esse projeto desfigurado de ti
és tu mais os teus anos.
Um ano não te faz diferença
Quando a mocidade ainda vibra na tua alma;
Mas calma,
Cada ano contará
Quando já não encontrar
tanta vida em teus braços.
 É o caminho da vida:
Nascer, crescer, envelhecer e desviver.
A desfiguração é proposital
Para te motivar a prosseguir
No caminho que a vida desenhou...
Até estar pronto para render-se,
Para dizer que findaste o teu propósito no mundo,
Que criastes filhos e netos,
Ou nem isso;
Mas fizeste o que houvera de ser feito...
As tuas pernas,
 companheiras de futebol, escaladas e correrias,
agora pedem repouso.
Os teus braços ,que carregaram a mulher amada,
Agora se esforçam para levantar um copo d’água...
Os teus pulmões e a boca seca,
As tuas rugas e rusgas por nada...
Mostram o fim da caminhada.
É hora de dizer adeus:
Chegaste ao fim da estrada. Hércules de Souza Víler – Poeta Moderno 21/12/16.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário é bem-vindo