terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A morte e o poeta ... the death and the poet



Amigo da Maléfica
o poeta a deseja...
o mundo sem vida
sem cor
sem linha
bêbado sem rumo:
de vinho
sem álcool
sem líquido
sem cheiro
com dor
sem caminho
sem destino
um corpo sem alma
pálido
fosco
sem brilho
sem textura
sem corpo;
Vazio...Hércules de Souza Viler

Um comentário:

  1. MUITO BOM O POEMA ,VISITE MEU BLOG http://paulojuniorgv15.blogspot.com/
    VALEU...

    ResponderExcluir

seu comentário é bem-vindo