sábado, 15 de janeiro de 2011

quando ELA se foi ... SHE GONE


Mariano de Maria,
De Luana,
Do mundo...
Luana de lua,
De Mariano,
Da vida...
A Vida dá voltas,
De idas e vindas...
(em silêncio e barulho)
E nesse movimento
As vidas se cruzam
Como se marcassem
Um encontro:
O Acaso se encarrega do caso,
Do tempo,
Do momento oportuno...
Mas ... de repente,
O que era encontro
Vira desencontro...
O que era chegada
Vira partida...
O que era harmonia
Vira despedida:
Porque Mariano é do mundo...
Luana da vida... Hércules de Souza Viller
Ps.: DA VIDA não tem conotação pejorativa.

O pastor ateu ... Atheist Priest


O que se acha quando se busca
O necessário?
O que se tem na fé
De sólido,
No armário,
Que na mão escorra
pelos dedos do vigário,
senão o rosário?
Que mistura fé com paciência,
Em enormes penitências
De qualquer cenário:
Se o ambiente é gótico
Não importa,
Porque o cliente é um protótipo
Da inteligência morta...
E quem se atreverá mudar
As cartas do baralho
Se o trabalho
De uma organização ciente
É reconhecido pelo presidente,
Que por sua vez,
Controla até o Plenário...
Mas a alma,
Onde fica nesse balneário?
Porque este questionário
Não explica a essência,
Fraude ou turbulência,
Só sustenta que a FÉ
Precisa de Pastor,
Não de mercenário. Hércules de Souza Viller

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Dinheiro e Felicidade ... Money and Happiness

Dizer que dinheiro NÃO TRAZ felicidade é, em parte, mentira...
Mas, afirmar que dinheiro TRAZ felicidade também é, em parte, engano...
Olhe as pessoas da roça;
Os monges do Himalaia;
Os moleques jogando pelada;
A farofa na praia;
Os cultos religiosos;
Os beijos dos apaixonados;
A viagem com a família;
Os pobres felizes...
Seres que, independentemente de dinheiro, são felizes...
Pensem também:
Nos pop stars drogados;
Nos ricos tristes;
Nas damas deprimidas;
Nos bilionários suicidas...
Eu concluo achando que a felicidade é um estado de espírito tranqüilo,
Com ou sem dinheiro. Hércules de Souza Viller

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Língua, Linguagem ou Ruído



tô entendeno não!

Amigos,
O ano se inicia...
E é um bom momento para se repensar a vida
( estudo, trabalho, fé, amor, amizade)...
Eu acho que podíamos incluir mais uma meta: a ESCRITA...
Eu sei que nosso idioma é um tanto complicado,
Sei que nossa vida é um pouco corrida,
Sei que o cansaço e preguiça nos atrapalham muito,
Mas, amigos,
A língua e a linguagem surgem para que haja comunicação
(quando não há comunicação, há ruídos) ...
Há momentos, amigos, que parece que o idioma está agonizando:
As vírgulas não existem, quando existem, estão no lugar errado...
E, quando isso acontece, o sentido da oração se perde... confunde o leitor...
As trocas, amigos, de terminações verbais afetam o tempo do verbo:
ENTENDE... ENTENDI
(PRESENTE E PASSADO)
Por favor,
Não pensem que eu estou dizendo que eu não erro, EU ERRO...
Não estou dizendo que não haja abreviação... abreviemos
(...vc, q, qdo...)
Também não estou falando daquelas trocas de letras
(dá para ler GEITO e QUIZER )...
E não estou esperando encontrar MACHADO DE ASSIS no dia a dia...
Espero que todos que puderem, USEM O MICROSOFT WORD...Blog Hércules de Souza Viller