segunda-feira, 8 de março de 2010

Arte Moderna - Modernismo


A arte Moderna...

UNS DIZEM QUE NÃO HÁ NADA NOVO...UNS ESPERAM PICASSO COMO QUEM ESPERA UM PROFETA...UNS ACHAM LIXO...FEZES...
A ARTE NÃO É PRESA AO ESTILO, ÉPOCA, REGIÃO OU RELIGIÃO...
EM 1922, COMEÇOU, AQUI NO BRASIL, UM TAL MOVIMENTO COM ESSE NOME...MAS PARA QUEM PESQUISOU UM POUCO SOBRE O ASSUNTO PODE COMPREEDER QUE O MODERNISMO FOI "UM CHUTE NO BALDE"...VIDE POEMA DE M. BANDEIRA "SAPOS"...
A MENSAGEM PRINCIPAL É ESTA: - ESCREVAM COMO OS PARNASIANOS...REALISTAS...ROMÂNTICOS... CONCRETISTAS...
ESCOLHAM SUA PRÓPRIA FORMA DE FAZER ARTE...
PINTURA...POESIA...CONTO...ESCULTURA...
NÃO CONSIDERE A SUA ARTE MELHOR...
AS ESCOLAS LITERÁRIAS SE REVESAVAM POR DEIXAR SATURADO CADA PERÍODO...
COMO A MODA...
MAS NÃO NOS ESQUEÇAMOS QUE "O MAIOR PERÍODO LITERÁRIO(ISSO INCLUI TODA FORMA DE ARTE...EU TAMBÉM PINTO)FOI O ROMANTISMO...
MESMO COM O ADVENTO DO MODERNISMO...
O SER HUMANO NÃO TRATA LITERATURA COMO MERA INFORMAÇÃO...
POR ISSO, RESPEITAR AS FORMAS ESCOLHIDAS POR CADA ARTISTA...
SE AS OBRAS SÃO VENDIDAS A ALTOS PREÇOS...
AINDA QUE MEROS RABISCOS...
SÃO RABISCOS ÚNICOS E COMPREENDIDOS PELO COMPRADOR SATISFEITO...

É LÓGICO QUE HÁ EXCESSÕES... Hércules de Souza Viller

A morte do Conto


No meu conto de fadas
a fada morreu...
suspeitaram de mim,
mas não fui eu...
- quem morreu
o conto ou fada?
- o conto se suicidou...
- de morte morrida
ou matada?
Não,
de amor... Hércules de Souza Viler

Soneto de Amor ... Love Sonnet

Eu tive amores
vivos e ricos em ardores
uns que perdiam a linha
outros que não esqueciam os pudores

Amores cantados e versados
poesias que eu desconheço
que me trouxeram problemas difíceis
mas,que sem eles eu não permaneço...

Em cada amor uma excelente história
do caos - da perda sem danos-
até o mais belo da glória...

Que eu quase que profano
andando de forma aleatória
agradeço a DEUS o contexto - vitória... Hércules de Souza Viller